Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Concurso PGE PB realiza alterações na comissão organizadora

O concurso PGE PB (Procuradoria Geral do Estado da Paraíba) sofreu alterações em sua comissão organizadora para procurador. Segundo o ato governamental publicado nesta sexta-feira (28), a comissão terá a partir de hoje um representante da Secretaria Estadual de Administração. 

Vale destacar que em janeiro, o órgão divulgou que o processo seletivo continua na fase de escolha da banca organizadora, que inclusive deve ser anunciado em breve. Apenas após a definição da banca que iniciam os preparativos de elaboração do edital de abertura de inscrições.

Ao todo serão oferecidas 12 vagas imediatas e para concorrer será necessário possuir nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial é de R$ 15.015,34.

A comissão do concurso é presidida pelo procurador Fábio Andrade Medeiros e conta, ainda, com os seguintes servidores: Paulo Márcio Soares Madruga, Daniele Cristina Cesário Tavares de Albuquerque, Felipe Tadeu Lima Silvino, Ricardo Ruiz Arias Nunes e Wilson Ribeiro de Moraes Neto. De acordo com a nova publicação, também passa a fazer parte do grupo a servidora Marlene Rodrigues da Silva.

Como será a prova do concurso PGE PB

O concurso PGE PB, de acordo com o regulamento publicado, contará com provas objetivas e avaliações subjetivas, incluindo com prova dissertativa e avaliação prática, além de análise de títulos.

A prova objetiva contará com 100 questões, sendo 20 de direito constitucional, 20 de direito administrativo, 15 de direito tributário, 20 de direito processual civil, 10 de direito civil, 5 de direito do trabalho e processual do trabalho, 5 de direito ambiental e 5 de direito financeiro.

Já as provas dissertativas e prática contarão com temas sobre direito constitucional, direito administrativo, direito tributário, direito processual civil e direito civil.

Último concurso PGE PB

No último concurso PGE PB para o cargo foram oferecidas 30 vagas. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cebraspe. A seleção contou com prova objetiva, avaliação discursiva e análise de títulos.

A parte objetiva contou com 100 questões, sendo 20 de direito administrativo, 15 de direito constitucional, 15 de direito tributário, dez de direito do trabalho, dez de direito civil, três de direito comercial, 15 de direito processual civil, oito de direito processual do trabalho e quatro de direito previdenciário.

Já a prova discursiva contou com uma questão sobre direito administrativo, uma de direito constitucional, uma de direito tributário, uma de direito civil e uma de direito processual civil.

Gostou do conteúdo? Ficou interessado em algum concurso para 2019? Então fique de olho na abertura dos editais para concurso público  e continue acompanhando nossas notícias para se manter informado.

Aproveite e veja os cursos preparatórios para concursos em Procuradorias Estaduais do Damásio Educacional!

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e Aceito a Política de Privacidade