Bem-vindo!

Blog Damásio

Compartilhar

Como iniciar na advocacia previdenciária: 4 dicas

A imagem contém uma advogada previdenciária fazendo o atendimento de uma senhora. A advogada soube como iniciar na advocacia previdenciária e hoje atua com excelência.

Quer saber como iniciar na advocacia previdenciária? Então, você chegou ao lugar certo! O post de hoje vai explicar o que é o Direito Previdenciário, as possibilidades de atuação e algumas dicas para você abrir o seu escritório de advocacia especializado em Direito Previdenciário. Acompanhe a leitura!

O que é e para que serve o Direito Previdenciário?

Antes de aprender como iniciar na advocacia previdenciária, vale a pena conhecer o que é o Direito Previdenciário. De maneira simples, a área lida com questões relacionadas à previdência e seguridade social, por meio da regulamentação, aplicação e defesa das relações entre benefícios e contribuições do Estado e/ou organizações privadas.

É importante, além disso, ressaltar que a previdência social é um direito fundamental garantido pela Constituição Federal de 1988, em seu artigo 6o. Atualmente, a atuação nítida da previdência é realizada pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que é responsável pela manutenção da previdência pública no Brasil.

Portanto, o Direito Previdenciário serve para assegurar esse direito aos cidadãos, incluindo pessoas em situação de necessidade, com coberturas por invalidez, doença, morte, aposentadoria, licença maternidade e proteção à gestante, salário-família, etc.

O que faz o advogado previdenciário?

O primeiro passo para aprender como iniciar na advocacia previdenciária é saber o que faz um advogado previdenciário. Mais do que garantir o cumprimento do direito para os cidadãos, o ramo tem várias oportunidades profissionais, com especializações que incluem o trabalho voltado:

  • Ao pedido de aposentadorias;
  • À requisição de benefícios por incapacidade;
  • Ao recebimento de pensão por morte;
  • Ao pagamento do salário-maternidade;
  • À restituição de INSS e contribuições em atraso;
  • À verificação de fraudes previdenciárias.

Ou seja, qualquer benefício previdenciário é assessorado por um especialista em Direito Previdenciário, que faz a análise, requisição e verifica as corretas regulamentações para a garantia de direitos, tanto para os beneficiários quanto para as organizações contribuintes.

Como advogar na área previdenciária?

Agora que você já sabe o que é o Direito Previdenciário e as principais atuações na área, está na hora de aprender como iniciar na advocacia previdenciária. Para isso, separamos algumas dicas. Confira!

1 – Faça uma especialização

Em primeiro lugar, você precisa escolher uma especialização em Direito Previdenciário. Dessa forma, é possível ter o conhecimento necessário para atuar profissionalmente na área e, além do mais, é uma forma de melhorar o seu currículo.

Vale destacar que o Direito Previdenciário tem amplas oportunidades de atuação. Além disso, você pode buscar por uma pós ou aperfeiçoamento profissional direcionado para Regime Geral de Previdência ou Regime Próprio de Previdência, bem como para a área empresarial.

A imagem contém um casal de idosos buscando ajuda a uma advogada previdenciária. Ela buscou saber como iniciar na advocacia previdenciária e atua, hoje, com sucesso.
A pessoa que trabalha com advocacia previdenciária é essencial no processo de aposentadoria de quem busca pelo benefício!

2 – Você não precisa de um escritório físico

Quem está buscando como iniciar na advocacia previdenciária pode pensar que abrir um escritório de advocacia especializado em Direito Previdenciário é imprescindível para alcançar o sucesso. Mas, a verdade é que nos dias de hoje, você não precisa fazer um alto investimento para iniciar sua atuação profissional.

Você pode começar a sua carreira sem um espaço físico, mas vale a pena investir em um site ou canais de comunicação para que o público encontre o seu serviço.

3 – Cobre o preço correto pelos seus serviços

Saber como iniciar na advocacia previdenciária pode ser um desafio, em especial para quem acabou de se formar como bacharel em Direito. Um dos principais erros é deixar de cobrar o valor correto pelos seus serviços. Por isso, fique bem informado(a) dos custos específicos para atuação no Direito Previdenciário.

4 – Domine os cálculos

Não tem como fugir: quem deseja saber como iniciar na advocacia previdenciária deve aprender os cálculos necessários para verificar contribuições. Hoje em dia, você encontra diversos programas de cálculos previdenciários para te ajudar, mas é fundamental conhecer as fórmulas, para realizar as verificações corretas.

Caso você tenha dificuldade nessa parte dos cálculos, não tenha medo de firmar uma parceria. Por vezes, contar com mais um profissional, como um contador, pode ser de grande valia para quem está começando na área.

Como ser um bom advogado previdenciário?

Para tornar-se um bom advogado previdenciário você precisa fazer um curso de especialização em Direito Previdenciário. Afinal de contas, você está lidando com uma área jurídica bastante específica e, portanto, nada melhor do que ter o conhecimento necessário para o atendimento.

Além do mais, os advogados previdenciários precisam saber como explicar corretamente vários conceitos aos seus clientes. Por isso, os bons profissionais são pacientes, transparentes e objetivos.

Lembre-se que você está lidando com um dos direitos fundamentais dos cidadãos e, em muitos casos, o benefício da previdência é uma das únicas fontes de renda das famílias.

Como conseguir clientes na área previdenciária?

Hoje em dia, é possível conquistar vários clientes através de estratégias de marketing digital. Isso porque as pessoas estão cada vez mais conectadas e costumam buscar por profissionais de todas as áreas, incluindo o Direito Previdenciário, por meio de sites, redes sociais e outras plataformas.

Entretanto, também vale a pena construir um bom network, para que outros profissionais possam indicar seus serviços.

Conhece alguém que está buscando dicas de como iniciar na advocacia previdenciária? Então, compartilhe este post

Gostaria de saber mais sobre nossos cursos?

Li e concordo com a política de privacidade, bem como com o tratamento dos meus dados para a finalidade prevista neste formulário. Ao continuar, você aceita que a DAMÁSIO e demais instituições de ensino do mesmo Grupo Econômico entrem em contato.